Certificação FSC®

FSC® é reconhecido globalmente como o melhor e mais forte sistema de certificação de sustentabilidade florestal na indústria das madeiras. A certificação FSC é aplicável também ao bamboo. Como pioneiro na indústria de bamboo, MOSO® é capaz de disponibilizar produtos em bamboo com certificação FSC®.

Certificado FSC®

Ambiente interior saudável

Para ter um ambiente interior saudável é importante que os produtos usados tenham baixas emissões e cumpram com a norma europeias oficial E1 (EN 717-1). Todos os produtos MOSO® cumpre com este requisito, e alguns produtos MOSO ainda cumprem, com a norma E0, a mais restrita classificação disponível de emissões (não oficial). Além disso, todos os pavimentos MOSO® foram classificados como A e A+ em França, relativamente às emissões de componentes orgânicos voláteis: A melhor classificação possível!

LEED & BREEAM

O programa líder mundial de certificação de construção “verde”. A utilização de produtos em bamboo MOSO® contribuem com vários créditos para a certificação BREEAM e LEED.

• Contribuição LEED BD+C –v4: SS7, MR1, MR2, EQ2, MR3 (FSC®)
v2009: MR6, MR7 (FSC®), IEQ4.3, IEQ 4.4 (se requerido como E0)
• Contribuição BREEAM: HEA 2, MAT 1, MAT 3 (FSC®), MAT 5 (DT)

Envie um e-mail para o nosso director de Sustentabilidade para obter mais informações: [email protected]

Pegada de carbono

MOSO® delegou na Universidade de Tecnologia de Delft um estudo oficial da avaliação do ciclo de vida e pegada de carbono. O relatório, disponível por pedido, concluiu que todos os produtos MOSO® avaliados (todos os pavimentos, decks, painéis e folha maciços) são CO2 negativos em todo o seu ciclo de vida.

Mais informação acerca da sustentabilidade

Reacção ao fogo pavimento

De acordo com a EN13501-1 os pavimentos podem ser classificados entre a escala A1fl (não combustível) até Ffl (altamente combustível). De forma a cumprir com a marcação CE todos os pavimentos MOSO® foram testados relativamente á reacção ao fogo, obtendo uma satisfatória classificação desde a escala Bfl até Dfl. Os produtos MOSO® Bamboo X-treme® atingem, sem o uso de qualquer retardante ao fogo, a classe Bfl de acordo com a EN13501-1 e a classe A no padrão de propagação da chama de acordo com a norma americana ASTM E84.

Reacção ao fogo paredes/tectos

De acordo com a EN13501-1 os produtos para paredes e tectos podem ser classificados entre a escala A1 (não combustível) até F (altamente combustível). Os produtos MOSO® High Density® foram testados relativamente à resistencia ao fogo, e oferecem um resultado satisfatório classe B-s1-d0 para espessura de 18 mm ou superior. Esta classificação foi atingida sem qualquer impregnação, que é impossível de obter em qualquer outra espécie de madeira. Os produtos MOSO® Bamboo X-treme® atingem, sem o uso de qualquer retardante ao fogo, a classe A no padrão de propagação da chama de acordo com a norma americana ASTM E84.

"A MOSO fez grandes investimentos para testar e demonstrar, em colaboração com institutos de testes bem conhecidos, que não há mais limitações para utilizar industrialmente o bamboo em larga escala."

Arjan van der Vegte, Director de Inovação & Desenvolvimento da MOSO International BV

Classe de durabilidade

Norma Europeia EN 350 dá orientações sobre métodos para determinar e classificar a durabilidade da madeira / bamboo contra fungos xilófagos biológicos. A durabilidade natural da madeira / bamboo podem ser classificados variando de 1 (muito durável) a 5 (não durável). Tal como consta da EN 350 (padrão), existem dois métodos laboratoriais para determinação da durabilidade; CEN/TS 15083-2 para a aplicação de produtos em contacto com o solo directo; e CEN/TS 15083-1 para a aplicação de produtos sem contato com o solo.

Os produtos MOSO® Bamboo X-treme®, atingem em ambos os ensaios, a classe mais elevada de durabilidade (classe 1, muito durável), o que significa que o produto pode ser usado em aplicações em directo e sem contato com o solo. Os produtos MOSO® Bamboo N-finity foram (até este momento) apenas testados seguindo CEN/TS 15083-1 e atingem a classe mais elevada durabilidade (classe 1, muito durável), o que significa que o produto pode ser utilizado na aplicação, sem contato com o solo.

Classe de uso

Norma Europeia EN 335 define cinco classes de uso que representam diferentes situações de uso a que os produtos de madeira / bamboo podem ser expostos. A EN 335 dá informações sobre a presença de fungos biológicos nas diferentes classes de uso que variam de 5 (situação mais exigente, permanente em água salgada) para a classe 1 (situação menos exigente, seco interior).

Os produtos MOSO® Bamboo X-treme® atingem a classe mais elevada durabilidade 1 seguinte CEN/TS 15083-2 e CEN/TS 15083-1. Resulta daqui que os produtos em bamboo de alta densidade termo tratados podem ser aplicadas na máxima classe de uso 4 (exterior em contacto com o solo). Os produtos MOSO® Bamboo N-finity atingem a classe mais elevada de durabilidade de acordo com CEN/TS 15083-1. Resulta daqui que os produtos de bamboo impregnados podem ser aplicados na classe de utilização 3 (exterior acima do solo).

Marcação CE

Através da marcação CE, a União Europeia criou várias categorias de forma a cumprir com os requisitos de qualidade. Estes estão relacionados com a segurança, ambiente e protecção aos consumidores. A MOSO® já obteve há muitos anos a marcação CE para todos os seus produtos de pavimentos. Recentemente a MOSO, assumiu a liderança no desenvolvimento de uma marcação CE especifica para pavimentos de bamboo.

Quer saber mais?

Podemos ajudá-lo a encontrar o produto de bamboo que tem a certificação certa para o seu projecto ou fornecer-lhe os certificados ou a documentação de teste mediante solicitação. Certifique-se de entrar em contato com um de nossos especialistas em bamboo MOSO® se tiver alguma dúvida.

Arjan van der Vegte 
Arjan van der Vegte, Director de Inovação & Desenvolvimento da MOSO International BV, Holanda

Contacte-nos
Arjan van der Vegte
Go to top